Sem saber que era impossível…

Esses dias, estive pensando sobre o que realmente nos impede de conseguir o que queremos. E pensei em quantas vezes, ao compartilhar sonhos, desejos, vontades encontramos um branco do outro lado. Muitas vezes, um sorriso amarelo. Alguns dizem que é loucura, que é muito difícil, que é impossível. E quantos projetos não morrem antes mesmo de começar?

Quando vamos a alguém e confiamos um projeto tão querido para nós, tudo o que buscamos é um pouco de encorajamento. Uma mãozinha pra dar aquele empurrão quando nós estamos duvidando de nossa própria capacidade, precisando de uma palavra de força: “Vai! Você consegue! Não tenha medo!”.

E então, eu percebo, o quanto é importante ser esta pessoa para os outros. Aquela que nunca desdenha, que faz uma cara estranha quando se ouve um sonho ambicioso de alguém. Aquela que impulsiona, que encoraja, que dá o empurrãozinho que o outro precisa. Porque, afinal… todos os nossos sonhos, aquele que acalentamos desde crianças, não são, no fundo… malucos?!

Será que estamos tão encurralados pelo medo da decepção, do fracasso que simplesmente aceitamos que o melhor é parar de sonhar? Ou apenas não sonhar tão longe assim? Nada é inatingível… eu não preciso saber o que você já ouviu por aí. Nada é impossível!

Quando eu era adolescente, eu vivia em workshops da Body Systems com a minha família. Eu me arrepiava ao ouvir as frases motivacionais, a energia, a esperança… a FÉ que aquelas pessoas tinham de acreditar que era possível ir além, fazer mais, desafiar barreiras. Aos 14 anos, ouvi pela primeira vez uma frase que nunca mais esqueci: “Sem saber que era impossível. Ele foi lá e fez”. Até mesmo agora, enquanto escrevo isto, depois de 13 anos, a imagem daquele slide e daquele momento é igualmente vivo e sinto todo meu corpo arrepiar.

Tudo é possível! A felicidade, a alegria, a paz, o Amor, a celebração da VIDA! É possível. Mesmo em um mundo onde as pessoas estão doentes, morrendo, sofrendo violências absurdas… existe outro caminho e nós, sonhadores, românticos, idealistas temos a obrigação de demonstrar isso acreditando e encorajando cada um dos sonhos malucos que ouvirmos por aí. Espalhando AMOR, alegria, esperança de que, não importa qual foi seu passado… o futuro está sendo escrito agora. E ele não tem limites!

Nada é impossível. Então vá e faça!

Sobre a importância de bons hábitos

Nosso organismo é formado por trilhões de pequenos organismos vivos liderados por nós. Ou seja, já nascemos CEO de uma grande holding: os nossos corpo e existência.

Pesquisas mostram que nossa atitude em relação aos acontecimentos são decisivas[1] e são determinantes em como nosso organimos reage, podendo até nos levar a cura de uma doença.[2] Por isso, a forma como conduzimos nossa existência é algo que merece nossa atenção constante, principalmente se queremos viver a vida que sempre sonhamos.

Enquanto líderes desta grande corporação, nossa responsabilidade é imensa, de forma que devemos sempre nos manter bem preparados, em nossas melhores condições. E como fazer isso? Através do cultivo de bons hábitos! Aqueles que nos ajudam a estar sempre em paz, saudáveis e seguros de que estamos, a todos os momentos, fazendo as melhores escolhas para nosso bem estar físico, emocional e mental. 

Como disse Aristóteles: “Nós nos tornamos aquilo que praticamos com frequência. A excelência, portanto, não é um ato isolado, mas um hábito”. Logo, o único obstáculo entre nós e os nossos e objetivos somos nós mesmos, pois, ninguém, além do próprio indivíduo é responsável por sua existência. 

E você? Que hábitos você tem cultivado?


[1] Veja o post sobre como transformar o mal em um amigo.

[2] Revista Saúde. Edição nº 371 de Dezembro de 2013.