Paraíso

“Você não precisa morrer para estar no Paraíso”.

Há alguns anos, eu fiz uma promessa a mim mesma. Não importa aonde eu estivesse, se fosse no inferno, estaria na Presença de Deus. Talvez tenha sido o primeiro momento em que eu entendi que não importa onde eu estivesse fisicamente, conquanto, minha mente ou consciência estivesse em paz. Foi um momento muito importante, pois passei a observar mais meus pensamentos, discernir o que realmente era meu e direcioná-los da maneira que pudesse. Foi também quando aprendi a estar comigo sempre, não importanto quão “feio” era um sentimento que eu estivesse tendo, eu podia abraçar e aceitar pelo que eu estivesse passando e esse é o primeiro passo para mudar qualquer coisa.

Embora não tenha chegado onde almejo, já não lido com ansiedade, falta de clareza. Aprendi que uma prece, uma oração, uma meditação muda MUITA coisa. Aprendi a cultivar minha alegria. Quer as pessoas ao meu redor o fizessem também ou não. Não preciso estar limitada às condições em que me encontro e posso sim, buscar mais pra mim.