Superando o Medo de Falhar

Quantas noites você passou sem dormir se preocupando com algo? Eu já tive VÁRIAS! Sendo sincera, neste momento tenho tido algumas.

Quando comecei a advogar, um motivo recorrente era – naturalmente – meus casos. Várias vezes durante a noite acordava de supetão e ia olhar todos os meus processos. Era uma maneira de me acalmar e ter certeza de que estava tudo bem!

Hoje, eu consigo identificar que a raiz da minha ansiedade era o medo de falhar. Eu tinha TANTO medo de cometer um erro. Quantas vezes você ouve que perder um prazo é fatal pra um advogado? Que um erro do advogado arruinou um caso?

Certamente, escolhemos uma profissão que é extremamente exigente. E, pelo menos na minha experiência, essa expectativa gerou consequências mentais e psíquicas no meu bem estar e na minha autoestima. Um desafio, com certeza!

Não posso dizer que encontrei um antídoto pra isso. Eu posso dizer que encontrei algo que funciona pra mim. Com isso, eu tenho mais paz e mais confiança em mim mesma. E, sinceramente? Isso é tudo.

Aqui estão algumas chaves que me mantém equilibrada e centrada em mim mesma:

  • Não é o fim do mundo. Independente o que tenha acontecido, a vida continua. O sol vai nascer amanhã e vai se por. O mundo continua girando. Não é o fim de nada! O que aconteceu pode ser extremamente difícil de lidar, mas o pior é ficar parado! Se pergunte: e agora? O que eu posso fazer agora? O que isso me ensinou? Como posso fazer melhor? O que está certo sobre isso? Que presente posso receber dessa situação? Keep Walking! (Continue andando) Parar ou desistir, jamais.
  • É só uma opinião. Se você, assim como eu, se preocupa muito com reputação, imagem, o que as pessoas pensam sobre você. Pare! Mesmo que você dê o melhor de si e faça tudo de uma maneira exemplar, vai ter sempre alguém falando mal, criticando e apontando o que você poderia fazer de melhor. Se você conseguir, apenas ignore. Se não, olhe pra essa pessoa e imponha a ela o mesmo rigor que ela impôs a você: no seu lugar, ela faria melhor? Como ela lida com a própria vida? Ela tem razão? Existe alguma coisa dita que pode contribuir em você ser melhor? Muitas vezes, pessoas que falam são pessoas desocupadas da própria vida, insatisfeitas. Não merecem qualquer crédito. Como Taylor Swift canta: Haters gonna hate! (Odiadores odiarão) E isso não tem nada a ver como você!
  • Abrace seu lado negro. É importante entender que o nosso lado “ruim” faz parte de quem somos. Estamos todos vivendo uma experiência única! Eu sei que há certas coisas testadas e provadas, mas a sua vida é só sua! Existem coisas que só você vai conseguir fazer e criar. E pra que ela seja verdadeiramente sua, você precisa ser honesto com você e incluir – especialmente – os aspectos seus que você não gosta! O que você mais critica e detesta em você pode se tornar um grande trunfo quando combinado com os melhores aspectos da sua pessoa. O que está certo sobre isso? O que está certo sobre você que você pensa que é errado? O que você pensa sobre você que não é? Ser íntegro inclui TUDO! Ser inteiro.

Eu sempre pus muito do meu valor no meu exterior, na minha reputação, na validação do outro. Me tornei refém da opinião alheia!

Eu aprendi que é preciso muita humildade – pra ouvir o que o outro tem a dizer, pra reconhecer quem realmente somos – e discernimento – pra saber que cada um tem seus próprios interesses e que ninguém conhece você como você.

Ninguém tem o poder de te definir ou julgar sem que você dê esse poder ao outro.

Enquanto você não desistir, enquanto você não parar… você nunca vai falhar! É preciso coragem pra seguir diante do medo e confiança pra seguir diante dos julgamentos. Não é fácil! Mas vale a pena.