Autolimites

10565126_10152599035643944_909982547692269920_n

“Você não pode ensinar nada a um homem; você pode apenas ajudá-lo a encontrar (o conhecimento) dentro de si mesmo.”

A convivência com os demais é um tesouro. Por ela, temos oportunidades de exercemos nossa personalidade, desenvolvermos nossa capacidade de Amar, de compreender, de enxergar além da nossa própria perspectiva, de descobrirmos quem somos, de conhecer e realizar.

Isto porque somos todos diferentes. E cada um traz à mesa uma combinação incomparável de habilidades e uma contribuição única! Dificilmente, duas pessoas verão algo exatamente da mesma maneira. Talvez superficialmente, mas as nuances são personalíssimas. Por isso, temos a liberdade e a prerrogativa. Mais: a obrigação de sermos quem somos, pois não existem outros iguais a nós.

É impossível a um dizer o que o outro é capaz ou não de fazer, pois, geralmente, quando emite estas opiniões, tem como base apenas sua própria percepção (sua e dos outros conhecidos), ignorando que o outro é um universo à parte.

Ao olharmos para as experiências alheias, podemos pensar que suas limitações também são nossas. Todavia, o que realmente nos limita são nossas crenças, razão pela qual é extremamente importante sabermos scannear o mundo e adaptar aquilo que já é sabido para nossa individualidade, respeitando nossa preciosidade única.

O hábito de investigar, refletir sobre nossas próprias experiências, buscando compreendê-las e perceber se nossas crenças estão nos impedindo de experimentar a vida com tranquilidade, paz, felicidade é fundamental para que possamos construir uma vida plena e na medida para os nossos sonhos, objetivos e expectativas.

Não é verdade que todos precisam fazer as mesmas coisas, que alguém só vai obter sucesso se fizer o que o outro que obteve sucesso também fez. Claro, sempre podemos aproveitar o conhecimento adquirido, mas jamais devemos nos forçar a caber numa forma que talvez não seja a nossa. Temos que trilhar nosso próprio caminho.

O mundo está cheio de oportunidades! Há espaço para as milhões de possibilidades que somos nós. A cada momento estamos fazendo escolhas, mudando os rumos, construindo nosso futuro. Ele não é limitado pelo nosso passado, pelos nossos erros, pelas nossas dores. Ele é ilimitado, infinito, assim como somos nós…

Somos capazes de feitos extraordinários e o primeiro passo para realizá-los é acreditar! Nunca desista. Siga em frente!